Depoimento de Cecília Serpa – #estudecomoumagarota

Quando chega o meio de semana já começa a bater aquele cansaço. Mas, não desanima não, pois aqui vai uma dose extra de motivação. Concurseiras e concurseiros, preparem-se!⠀

Contaremos a história de Cecília Serpa, procuradora do município de São Luís/MA, que nos mostra a importância de seguir em frente, independente do que nos falem. Você vai se emocionar!⠀

“Oi pessoal, meu nome é Cecília Serpa e estou muito feliz por compartilhar um pouco da minha trajetória com vocês.⠀

Iniciei meus estudos para concurso assim que me formei, no meio de 2013. No começo, fiz tudo errado (e passei mais de 1 ano dessa forma!). Estudava por livrão, lia pouca lei e não tinha coach para me ajudar (não que isso seja decisivo para aprovação). Aprendi reprovando mesmo. 😂⠀

Minha primeira prova foi a de Procurador Federal/2013, pouco depois de me formar e sem estudo direcionado. Fiquei por 3 questões e aquilo me estimulou muito para estudar para advocacia pública. Como tinha chegado perto, achei que a aprovação na AGU/2015 seria certa, mas nem tudo acontece como a gente planeja.⠀

Fiz a prova com um peso muito grande, daquela ser a prova “da minha vida”, e isso me atrapalhou muito. Não passei, mas a experiência foi um divisor de águas para mim.⠀

Naquele mesmo ano, em plena festa de réveillon, eu e meu esposo (namorado na época) encontramos um colega de infância que olhou para mim e disse: “você vai ser mulher de procurador!”. Ele sabia que eu também estudava… Então, por que eu seria apenas “mulher de procurador”?⠀

Aquilo doeu lá no fundo, porque não foi a primeira vez que sofri preconceito e comparações só por ser mulher, mas resolvi transformar toda a dor acumulada naquele ano em força.

Em 2016, readaptei a forma de estudar, inclui muitas revisões e eliminei pensamentos de “prova da minha vida”. O importante era saber que estava dando o melhor de mim. E assim foi: consegui a aprovação no concurso da Procuradoria do Município do São Luís e também na 1ª fase da PGE/MA. Hoje, com muito orgulho, exerço o cargo de Procuradora do Município de São Luís.⠀

Não foi fácil, foi muito sofrido. Tive vários dias de altos e baixos. Tive muita vontade de desistir (obrigada, marido e melhor amiga por não deixarem! ♥). Tive muito medo da prova oral antes de fazer. Me coloquei para baixo.⠀

As comparações que as pessoas faziam entre eu e meu marido me fizeram muito triste. Éramos um casal concurseiro de grande e importante apoio mútuo (quem sabe uma história para outra oportunidade ☺). Mas, por ser mulher, várias pessoas me colocavam como inferior. São nesses momentos que temos que ser resilientes e mostrar nossa força! 💪🏻⠀

No dia de minha posse, a história do réveillon me veio na cabeça e não consegui conter o choro. Chorei de emoção, porque finalmente me dei conta que posso ser (e hoje sou) procuradora ou o que quiser, como qualquer mulher! Por isso, empoderem-se!⠀
Nós podemos! 💪🏻 As batalhas são árduas, mas sejamos RESILIENTES!⠀

O estudo com determinação é a certeza da aprovação, leve o tempo que for. 😄

Comentar via Facebook

Compartilhar